O fator Wellness!

Saúde, Qualidade com Humor, DVS, DVS Editora, Blog do Editor, Victor MirshawkaWellness significa o bem-estar físico, mental e espiritual. Já o fator wellness como explica o Dr. Antônio José Sproesser Jr. no seu livro Viver Bem com Qualidade – O Fator wellness é constituído pela intersecção dos três componentes: qualidade de vida, saúde e comportamento humano. Assim você pode ter saúde, mas se a qualidade de vida não for boa, o seu fator wellness estará desequilibrado.

Por Victor Mirshawka.

O mesmo ocorre em relação ao comportamento humano.

Se ele não estiver adequado, o fator wellness não estará atraente.

Cada uma destas três entidades, apresenta uma série de outras sub-entidades que também se entrelaçam.

Dessa maneira, no quesito qualidade de vida as sub-entidades são: sono, exercício físico, sexo, vigor, viagens, habitação.

Continue lendo

Seduzido pelo sucesso!

080310seduzido pelo sucessoQuando líderes de empresas experimentam significantes níveis de sucesso ou períodos de estabilidade, eles tendem a acreditar que estão designados a sucesso contínuo no futuro. Em muitos casos, os gestores se tornam complacentes, confortáveis e medíocres quando, na verdade, deveriam estar desenvolvendo tudo o que fizeram de bom no passado.

Por Robert J. Helbold.

Eles deveriam estar investigando para descobrir novas abordagens, aprimorando seus produtos e serviços e se mantendo ágeis. Infelizmente, as páginas de negócios estão preenchidas com tristes histórias de empresas que já foram bem-sucedidas e que, após alcançar o topo, não conseguiram manter nem sustentar seu sucesso.

Pude observar esse fenômeno diversas vezes. O sucesso é a causa da vulnerabilidade dos negócios. Ele pode destruir a habilidade de uma empresa ou de uma pessoa de entender a necessidade de mudança e também pode acabar com a motivação para atacar criativamente o status quo. Empresas e pessoas se tornam aprisionadas por aquilo que chamo de práticas e pensamentos herdados. A hipótese implícita aqui é de que suas práticas atuais lhe tornaram um vencedor; você está no topo de seu jogo e ninguém pode derrubá-lo. As pessoas se perdem nas abordagens que utilizaram em seus dias de glória e são incapazes de enxergar que não estão desenvolvendo suas melhores práticas, mas simplesmente repetindo antigos sucessos. Não notam que o mundo está mudando em volta deles. Acredito que essa queda do sucesso é um dos problemas mais desgastantes que pessoas e empresas enfrentam.

Continue lendo

LOGORAMA, Oscar 2010 de Melhor Animação em Curta-Metragem!

Com 17 minutos de duração, Logorama é um curta no estilo dos filmes de ação hollywoodianos, com perseguições, tiros, mocinhos, bandidos e tipos cômicos.

A diferença é que no lugar de pessoas, os personagens são logos. Marcas que vão do Ronald McDonald ao Post-It, dohomem Michelin a Xerox. Tanto mascotes como os logos formam cenários e protagonistas da história, totalizando mais de duas mil marcas presentes no filme!

A criação é do trio francês H5, que ganhou prêmio de Melhor Curta no Cannes Film Festival recentemente. O filme agora circula por festivais de curtas e animação de diversas cidades.

O curta ainda ganhou o Oscar 2010 de Melhor Animação em Curta-Metragem.

Zoe Saldana e Carey Mulligan anunciam Oscar para filmes curta-metragens

Continue lendo

Qual mundo é possível?

DVS Editora, Victor Mirshawka, Livros Online, Empresas, Negócios

Sempre que a humanidade passa por sérios abalos, como foi o caso dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 nos EUA,  ou desastres naturais como os terremotos que atingiram recentemente o Haiti e agora o Chile, isso provoca uma grande especulação sobre o que deve ser feito para melhorar a qualidade de vida das pessoas e diminuir os conflitos entre os povos. Do mesmo modo, discussões que envolvem o destino das próximas gerações, como as ocorridas em meio a Conferência do Clima em Copenhague, sugerem uma reflexão sobre qual futuro queremos e é possível para os nossos filhos.

Por Victor Mirshawka.

Segundo Jeremy Rifkin, aclamado autor de livros como O Fim dos Empregos, O Século da Biotecnologia e A Economia do Hidrogênio: “Enquanto o sonho americano agoniza, um novo sonho europeu começa a cativar a atenção e a imaginação do mundo.”

O sonho norte-americano enfatizava a irrestrita oportunidade de cada individuo buscar o sucesso, o que no vernáculo americano, significava geralmente a existência do sucesso financeiro.

Continue lendo

As leis da alimentação

DVS Editora, Emagrecer, Dieta, Saúde, Alimentação, Livros Online, Emagrecer também é marketingO dr. José Rui Bianchi viveu na pele as dificuldades e angústias de quem convive com um peso muito acima do ideal. Vencedor da luta contra a obesidade, ele relata como conseguiu emagrecer mais de 30 quilos em cinco meses e manter-se bem. Neste post, ele dá algumas dicas de alimentação saudável, baseada no tipo sanguíneo.

Por dr. José Rui Bianchi.

Lei da quantidade: a quantidade de alimentos deve ser suficiente para cobrir as exigências energéticas do organismo e manter em equilíbrio o seu balanço. As calorias ingeridas através dos alimentos devem ser suficientes para permitir o cumprimento das atividades de uma pessoa, bem como a manutenção da temperatura corporal.

Lei da qualidade: o cardápio alimentar deve ser completo em sua composição, para fornecer ao organismo – que é uma unidade indivisível – todas as substâncias que o integram. O cardápio ideal inclui todos os ingredientes que devem ser ingeridos diariamente.

Lei da harmonia: as quantidades dos diversos nutrientes que integram a alimentação devem guardar uma relação de proporção entre si.

Lei da adequação: a finalidade da alimentação está subordinada à sua adequação ao organismo, observando o momento biológico da vida, os hábitos individuais, à situação econômica social da pessoal, e, se for para um enfermo, deve ser adequado ao seu sistema digestório e órgão ou sistemas alterados pela enfermidade.

Continue lendo

Alguns minutos de glória

Daniel C. Luz, Daniel Carvalho Luz, DVS Editora, DVS, Livros, Livros Online, InsightVocê sabe administrar o seu tempo? Sabe lidar com a sua pressa e com a pressa que os outros embutem em você? Tem coragem de dizer “não” ou “calma” para o seu chefe ou superior quando sente que ele está exigindo demais? Saiba lidar com a “nova dinâmica” de modo a dar um tempo para você!

Por Daniel C. Luz.

A mudança é muito veloz. Quando você percebe, já está processando essa velocidade no dia a dia. Por isso as pessoas andam se atropelando. Temos sido pressionados cada vez mais, por mais tempo, mais recursos, mais informação. Temos a sensação de que o dia passa cada vez mais rápido. No entanto, a Terra continua demorando 24 horas para dar a volta completa em torno de seu eixo. E é assim que contamos nosso tempo: em dias, semanas, meses e anos.

CD Reflexões – Histórias de sucesso!

Continue lendo

Rebelde, rebelde velocidade

Velocidade, Livros Online, DVS Editora, Empresas, Negócios, EditoraRepense a velocidade quando adotada no desenrolar de atividades do seu dia a dia. Ser rápido é diferente de ser irresponsável. Sob outro ângulo, a velocidade também deve ser vista como nossa amiga, devemos abraçá-la e utilizá-la a nosso favor e não o contrário, sendo subjugados e oprimidos por ela.

Por Vince Poscente.

Reflita no que aprendemos quando nos são ensinados os fundamentos básicos do certo e errado, prudente e imprudente. Embora a velocidade seja vital para o sucesso e contribua no século XXI para as grandes realizações, a rapidez poucas vezes é retratada como atitude nobre, responsável ou inteligente. Muitas vezes, é caracterizada como atitude negligente, rebelde e impaciente. Querer tudo rápido significa querer compensação imediata, e a compensação imediata muitas vezes é considerada imatura e irresponsável, até mesmo moralmente errada. Ela é comparada à impaciência, curto período de atenção e atitudes infantis mimadas.

rápido ≠ irresponsável

Continue lendo

Chega de desculpas!

DVS Editora, Insight, Daniel C. Luz, Livros OnlineReflita sobre suas atitudes e sua postura frente aos desafios e compromissos que aparecem diante de você. Lembra-se de que, às vezes, em meia a uma frustração, colocamos a culpa do fracasso na pessoa que estava tentando nos ajudar. Não faça isso! Chega de culpar os outros e de se desculpar pelas decisões que te cabem.

Por Daniel C. Luz.

Você já não ouviu a afirmação: “Se vai aprender alguma coisa, você cometerá erros”? É verdade. Às vezes, os indivíduos se recusam a tentar coisas novas porque têm medo de falhar e, consequentemente, de serem consi­derados um fracasso.

Quando você não quer fazer uma coisa, qualquer desculpa esfarrapada serve. Mas as desculpas muito repetidas têm um modo estranho de se transformar. Elas podem vir a ser doenças crônicas que destroem a nossa autoestima e paralisam a nossa vontade. Tornam-se grilhões que obscurecem a nossa visão, deixando-nos incapazes de sonhar e muito menos de realizar por medo de falhar.

Continue lendo

Emagrecer também é Marketing!

Dieta, Marketing, Livros, DVS Editora, Livros Online, Empresas, EmagrecerA pessoa que emagrece consideravelmente, como eu (passei a 88 dos 120 quilos que tinha), fica na onda, é alvo de atenções, de elogios, transmite maior credibilidade, merece mais respeito, reflete melhor uma imagem, vende melhor seu peixe no trabalho, com os amigos e em tudo o mais.

Por Dr. José Rui Bianchi.

A partir do Marketing geral, podemos dizer que o Marketing Pessoal é o processo que reúne as capacidades de uma pessoa e as exigências dos que com ela se relacionam. Poderíamos ainda usar a definição de Al Reis: “Marketing é uma batalha de percepções”. Num processo de emagrecimento, mexe-se com as percepções, já firmadas na mente dos outros; mudá-las dá trabalho, mas é possível. É a busca específica do seu próprio sucesso.

Ao relacionarmos os vários conceitos de Marketing, construímos nossa definição, na tentativa de melhor esclarecer os leitores: Marketing Pessoal é o conjunto de percepções e qualidades do ser humano, que, somado a uma boa imagem e visual adequado, é capaz de conduzi-lo à realização e à conquista do sucesso.

Quando você se dispõe a emagrecer, alguns o apóiam, outros o desestimulam, dizendo que não adianta fazer regime. Cada pessoa, é claro, tem um pensamento.

Continue lendo

VIVA A PLENITUDE DO SEU POTENCIAL (Livro Insight)

Livro Insight

Uma das maiores tragédias na vida é ver o potencial morrer represado. Viver em plenitude é um desafio para nós porque muito do nosso ambiente não nos conduz para este propósito. É essencial que você enfrente esta questão, pois ela está relacionada à sua realização pessoal e à sua contribuição à humanidade.

Por Daniel C. Luz.

Muitos se perguntam hoje em dia o que é a vida. La Bruyére afirma: “Existem apenas três eventos na vida do ser humano: nascimento, vida e morte; e ele não tem consciência de ter nascido, morre em aflição e se esquece de viver.”

Alguns veem a vida num misto de realismo e pessimismo, como Nietzsche: “Ame a vida, enfrente-a, porque, boa ou má, não temos outra.” Outros são práticos em relação à vida como Sêneca: “Considerada em si mesma, a vida não é boa, nem má; ela é tão somente um lugar para o bem ou para o mal”; e outros são espirituais como Goethe: “O dom mais excelente que recebemos de Deus e da natureza é a vida.”

Tenho a impressão de que a maioria das pessoas simplesmente deixa que a vida passe por elas. Mas também sei que existem algumas pessoas – muito poucas – que decidem o que vai acontecer em suas vidas. Sabem que apenas viver não é suficiente! E vivem o máximo!!!

Cada um de nós tem a oportunidade de procurar viver em toda a plenitude. A questão é: será que vamos optar por este caminho?

Continue lendo

HÁ VAGAS

Bymail DVS Editora

Muito se fala sobre as medidas políticas e econômicas necessárias no combate à crise. No entanto, elementos mais subjetivos, mas não menos importantes, como a mudança de postura e de comportamento em relação aos outros, precisam voltar à pauta de discussão.

Por Daniel C. Luz.

A crise gera desemprego, recessão, desencontro de ideias, radicalismos, sacrifícios. É como temos aprendido com as constantes crises no Brasil. Só haverá mudança verdadeira quando houver transformação de valores, pois no bojo de toda crise existe uma crise de valores. Por isso é tão importante a capacidade de ver além da crise.

No entanto, é esta mesma crise que gera uma oportunidade que, em tempos de bonança, nem lembramos que existe. Uma oportunidade ilimitada, voltada a todos, sem distinção de sexo, cor, credo, nível cultural, posição hierárquica ou profissão. Uma oportunidade que tanto é dada ao governo, como aos empresários, aos empregados, aos sindicatos, aos políticos e a todas as pessoas deste País.

E é justamente neste momento mais difícil da Nação, em que o desemprego é uma realidade, em que a recessão é uma ameaça, que as vagas estão abertas.

Há vagas para aqueles que estejam dispostos a resgatar os maiores e mais importantes valores do homem: a humildade, a caridade, o altruísmo, o senso de comunidade, o cuidado com a família, o respeito à condição humana e sobretudo a honestidade.

Continue lendo

CONSTRUINDO O FUTURO

Bymail DVS EditoraQuais as nossas responsabilidades perante a vida? Reconhecer o sentido da nossa existência e orientá-la na direção correta faz parte de uma missão humana que visa à preservação de valores ambientais, sociais, econômicos, culturais e mesmo espirituais.

Por Daniel C. Luz.

Conto com seu espírito de tolerância, pois o que preten­do nesta mensagem é ofere­cer uma reflexão de ordem pessoal e com a qual, estou certo, nem todos haverão de concordar.

Esta reflexão diz respeito ao meu compromisso pessoal com a construção do futuro.

Começo a relembrar o que todos sabemos. Cada um de nós é um ser diferente de todos os demais. Fisicamente, diferimos muito. Uns são baixos, outros altos; uns magros, outros gordos; uns claros, outros morenos e assim por diante. Internamente, ou seja, no plano psicológico, somos ainda mais diferentes. Nossas aptidões, nossos interesses, nossos valores, nossas emoções, etc., variam muito, de pessoa a pessoa. Mas, em que pesem todas as diferenças, somos também muito semelhantes. Pertencendo ao mes mo gênero e à mesma espécie, temos muito em comum.

Continue lendo