O Poder da Conversação

Blog do Editor, Carreira, DVS, DVS Editora, Falar em PúblicoA conversa é o principal laço que une as pessoas. Tanto no ambiente do lar como no trabalho e na sociedade, a conversa é uma arte, nem sempre bem executada. Daí surgem os conflitos, os desajustes, os isolamentos e os traumas.

Por João Lucio Neto .

Saber conversar é, então, uma arma, não apenas de sucesso na comunicação, mas também de felicidade. Todos gostam de conversar e de se comunicar e medem o prazer que sentem, de acordo com esse fator. Se, em uma roda de amigos ou durante uma visita, houve muita conversa, é porque houve prazer no encontro. Se, durante uma viagem, os participantes não ficaram calados, é porque gostaram. Se ficaram mudos, detestaram. A conversa é o termômetro, o indicador do nosso interesse, do nosso poder de comunicação e do nosso bem-estar.

“Na conversação equilibrada falamos e ouvimos, alternadamente, em proporção mais ou menos equivalente.”
(Autor desconhecido)

Ao conversar, lembre-se de que você está trocando idéias com uma outra pessoa; por isso, observe atentamente estes itens:

Continue lendo

Regras para uma boa comunicação

DVS, DVS Editora, Blog do Editor, Carreira, ComunicaçãoSaber comunicar-se bem é essencial à arte de vender ideias. No entanto, essa afirmação, um tanto quanto óbvia, poucas vezes é alcançada pela maioria das pessoas que têm de usar dessa ferramenta (a comunicação) em seu dia a dia e que dependem dela para o convencimento de outras pessoas. Seguem então algumas regras que te farão refletir melhor sobre como você se comunica.

Por João Lucio Neto.

As consequências da comunicação deficiente são: isolamento (silêncio, tristeza), pensamentos negativos (ó dia, ó vida), ações precipitadas, indução aos vícios (para amenizar as tensões e contrariedades), tendência à agressão etc.

O que nunca devemos esquecer é que a comunicação é um ato normal e necessário das pessoas. Jovens e velhos, sadios e doentes, ricos e pobres, palmeirenses ou corintianos, instruídos ou incultos, todos temos necessidades de estar em contato com os outros, permutando valores, trocando experiências e simpatias, entendendo-nos sobre os problemas da vida e, acima de tudo, ajudando-nos mutuamente a resolvê-los.

Continue lendo