Ética na Vida das Empresas – Entrevista com Maria Cecilia Coutinho de Arruda

Maria Cecilia Coutinho de Arruda é Professora de Ética e Marketing da FGV- EAESP. Coordenadora do CENE- FGV-EAESP. Consultora de Ética Empresarial Vice-Presidente da ISBEE- International Society of Business, Economics and Ethics.

Como se deu a sua inserção no campo da ética empresarial?

Cecilia Arruda – Deu-se da forma mais humana e racional possível: durante meu Doutorado em Administração, na FEA-USP, fui vendo abusos que se cometiam, tanto na Academia como no mundo dos negócios, e achei que não cabia uma postura passiva. Escrevi minha tese de doutorado sobre Ética em Marketing, e a partir daí fui me envolvendo com o tema, para mim cada vez mais abrangente. A vida empresarial parece-me uma fonte excepcional de virtudes, pois sem competência não há atividade lucrativa, e, para adquirir competência, as pessoas têm que exercitar muitas virtudes com seriedade. Comecei a notar que grandes empresários eram ao mesmo tempo grandes pessoas, que contribuíam muito para a sociedade. Hoje acredito que a grande mudança necessária ao Brasil se fará a partir das empresas, e não a partir do governo ou das instituições de ensino, como seria de se esperar.

Continue lendo