Marketing e Emagrecimento

Se juntarmos a tendência das pessoas a engordarem e o triunfo do indivíduo, vemos que o Marketing Pessoal irá, de um lado, satisfazer à necessidade de emagrecer e, do outro, com o sucesso alcançado pela pessoa, obter o triunfo.

Por Dr. J. Rui Bianchi.

Apesar de muitos pensarem que Marketing é apenas uma palavra ou um assunto da moda, podemos afirmar que não. O difícil é defini-lo.

Segundo Theodore Levitt: “Marketing quer dizer conquistar e manter cliente” . John Westwood declara que a definição do dicionário é: “provisão de bens e serviços que satisfaçam às necessidades dos clientes”.

Preferimos ir um pouco além na conceituação e definimos Marketing como um processo social e gerencial, pelo qual uma empresa percebe e realiza as necessidades e desejos do mercado, com um produto ou serviço, criados por um conjunto de ações interdependentes, que estimula sua utilização, vende e obtém lucro, através da satisfação do consumidor.

Fica implícito que Marketing converte as necessidades da sociedade em oportunidades rentáveis para as empresas. Deste modo, podemos tranqüilamente adaptar esse conceito ao indivíduo, o que chamaremos de Marketing Pessoal, ou seja: transformar em sucesso a necessidade de emagrecer. Sucesso, aqui, corresponde ao lucro de uma empresa.

No livro “MEGATRENDS 2000”, de John naisbitt e Patrícia Aburdene, notamos que uma das megatendências da década de 90 é o Triunfo do Indivíduo. Isso realmente está acontecendo: “é um indivíduo que muda a si mesmo antes de mudar a sociedade”.

Se juntarmos a tendência das pessoas a engordarem e o triunfo do indivíduo, vemos que o Marketing Pessoal irá, de um lado, satisfazer à necessidade de emagrecer e, do outro, com o sucesso alcançado pela pessoa, obter o triunfo.

A mudança da sociedade acontecerá aos poucos, muito lentamente, pois a oferta de produtos causadores da obesidade é enorme e a conscientização para se evitarem abusos alimentares em busca de uma vida mais saudável é progressiva, mas, demorada.

Em nosso caso específico, na mudança de gordo para magro, há duas vantagens:

1ª) A pessoa deixa de ser gorda e gozará melhor as delícias da vida, em todos os sentidos;

2ª) Com o emagrecimento, surge o inesperado: o sucesso perante a sociedade, pelo grande feito.

Segundo Silvia Poppovic, em seu programa de 02/08/95, na Tv Bandeirantes: “Se você pode entrar numa guerra com um exército, por que vai entrar só com um batalhão?” , ou seja, se você triunfa, sendo gordo, por que não melhorar sua situação de vida, tornando-se elegante e “abafando” de vez?

Querer Emagrecer

É uma questão de querer realmente e “fazer a cabeça” nesse sentido. Necessita-se de muita força de vontade.

Por onde começar, já sabemos: ingerir menos calorias do que o organismo irá consumir.

Observação importante: de nada adianta ingerir menos calorias se o organismo não gasta-las, porque não haverá emagrecimento. Por exemplo: você ingere duas mil calorias no dia e permanece deitado o tempo todo. O corpo não consome calorias, portanto, as duas mil tornam-se até excessiva. Não haverá emagrecimento.

Como dissemos anteriormente, é necessário “fazer a cabeça” para se iniciar qualquer processo de emagrecimento. Haja o que houver, deve-se preservar na manutenção do processo. Fácil não é, mas, compensador.

Sentindo que a obesidade não lhe permite Qualidade de Vida e que seu organismo retém as calorias excedentes à sua real necessidade, conscientize-se:

Querer emagrecer depende de opinião, vontade e perseverança.

Se você realmente quer emagrecer, continue lendo este livro, porque, daqui para a frente, apresentaremos não um regime, mas uma dinâmica de emagrecimento, em que predomina a mudança de sua idéia sobre como alimentar-se com Qualidade e desenvolvendo atividade física.

Você precisa, na realidade, mudar a cultura em que está inserido, mudar seu paradigma. Normalmente, o paradigma da alimentação e do viver bem é: Comer do bom e do melhor, sombra e água fresca.

Comer do bom e do melhor significa alimentar-se com o que há de melhor: grandes churrascos, carnes bonitas e gordurosas, presunto gordo, copa, salaminho, carne de porco, cabrito, queijos (todos), leite A, massas acompanhadas de belos molhos, pães os mais variados (com lingüiça, com torresmo, de leite, de centeio, de glúten, doces, panetones, colomba etc.), manteiga, pudim, pavê, sorvete, doces em geral, vinho, cerveja, refrigerante, whisky, sucos, chocolate, bombom, azeitona, amendoim, castanha-de-caju, mel, maioneses, cremes, feijoada, “puchero” , camarão (de todas as maneiras), peixes, frutos do mar, canapés, lingüiças (calabresa, de frango, de pernil, mista), creme de leite , strogonoff, frutas, legumes e muito, muito mais.

Por “sombra e água fresca”, entendemos: bastante sossego, sem muito movimento, para não cansar.

Há necessidade de mudar para um paradigma seu, que você definirá mais ou menos assim:

Como já comi praticamente de tudo nesta vida, de agora em diante terei a conduta de comer o que me fizer bem, satisfazendo às minhas necessidades calóricas, que resultarão de minha atividade física adequada a mau corpo e à minha idade; tudo isso com um prazer enorme, porque amo ser magro e quero ter a mais saudável vida.

Dessa forma, haverá equilíbrio em seu corpo e completa integração sua com seus familiares e com a sociedade em geral.

Eu gosto de mim e, se não me cuidar, os outros não terão chance de me ajudar; meus dependentes, de usufruírem não só de minha presença física, como da assistência e proteção, que lhes devo. Além disso, não desfrutarei dos prazeres da vida com toda a intensidade.

A melhoria de uma pessoa não é mero acidente e, sim, resultado de um esforço redobrado; portanto, para se mudar um paradigma, é preciso motivação e obediência aos seguintes passos:

  • Conhecimento – Em primeiro lugar, deve-se tomar conhecimento de tudo que está acontecendo com seu corpo e seu estado emocional.
  • Tomar atitude – Após o conhecimento é que se toma atitude, para se mudar alguma coisa. Toda idéia, para se concretizar, deve ser acompanhada de atitude. Podem-se usar aqui os conceitos da Programa cão Neurolingüística, mentalizando uma mensagem positiva, como: Vou fazer regime para ficar mais bonito, para melhor promoção pessoal e ter melhor qualidade de vida.
  • Comportamento individual – Tomando-se atitude, acontecerá a mudança individual. Cada pessoa precisa, em primeiro lugar, mudar a si mesma.
  • Comportamento em grupo – Uma vez mudada, a pessoa pode já partir para mudar o grupo que pertence e ajudar outros a mudarem também.

Este seria o plano estratégico da luta contra a obesidade: primeiro, cada um mudando-se a si próprio; depois, solidarizando-se com outros, para mudá-los também. Lembrem-se da convivência. Devemos conviver com os demais e, se possível, da melhor maneira que pudermos.

sobre dr. José Rui Bianchi

GRD_10_emagrecer_gr

Personagem de seu próprio livro, o dr. José Rui Bianchi viveu na pele as dificuldades e angústias de quem convive com um peso muito acima do seu ideal.Vencedor na luta contra a obesidade, ele relata como conseguiu emagrecer mais de 30 quilos em cinco meses e manter-se bem.

Nas páginas seguintes você vai descobrir que a reeducação alimentar associada à atividade física contribuíram muito, mas que a determinação em gostar de si mesmo foi o que garantiu o sucesso na busca de um marketing pessoal mais positivo.

A obra mostra também as vantagens pessoais do ex-obeso em sua vida familiar, social, profissional, emocional e sexual, levando o indivíduo a tomar consciência do seu corpo e o ensinando a manter-se em forma. O resultado não se resume em proporcionar maior Qualidade de Vida, mas também permite a conquista do triunfo pessoal.

Os gordos descobrirão a vitória da força de vontade e, na certa, procurarão imitar o autor em busca de uma vida melhor, mais saudável e, conseqüentemente, mais feliz.Os conhecimentos registrados aqui são válidos não só para os obesos que querem emagrecer, mas também para os ex-obesos e para os magros que não querem engordar. Um método eficaz para quem quer mudar suas atitudes frente ao emagrecimento.

UM ALIADO IMPORTANTE
O CD que acompanha este livro ajudará de forma decisiva nesse processo de mudança, apresentando exercícios práticos e de fácil acesso. Os conhecimentos são adquiridos com comodidade, pela audição. Cabe ao leitor colocar em prática esses ensinamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *