O sonho chinês: abertura lenta e gradual

Caros leitores, comecemos pelos fatos objetivos. Nos próximos dois anos, uma camada considerável de importantes políticos chineses, pertencentes ao Partido Comunista Chinês (a única agremiação política permitida) se aposentará, e com isso virá uma renovação. Na vanguarda desse movimento desponta um nome: Xi Jinping.

Por Gustavo Chierighini, fundador da Plataforma Brasil Editorial e membro do conselho editorial da DVS Editora.

Ele é o atual Vice Presidente da China. Mais do que isso, até 2013, deverá se tornar o principal líder Chinês, substituindo Hu Jintao, que se notabilizou como um duro negociador com o ocidente. O homem pertence ao grupo conhecido como “os jovens príncipes”, que reúne os filhos de líderes revolucionários chineses. Uma elite formada como fruto da revolução cultural, destinada a conduzir o futuro do País. Sim, os comunistas também adoram uma elite (a do partido, naturalmente). Continue lendo

Dov Seidman: A Estrutura da Liderança


Tudo que vale a pena ser feito encontra resistência no caminho. O deslocamento de uma pedra grande exige lutar contra a gravidade e a inércia. A escalada de uma montanha exige superar os efeitos do ar rarefeito. Digamos, por exemplo, que você volte de uma apresentação a um potencial parceiro. As discussões transcorreram bem, e você sente que o potencial cliente deve fechar negócios com você e não com o concorrente. Mas uma pessoa na reunião anunciou para a sala inteira que a empresa não dispõe de recursos no orçamento deste ano. Qual sua atitude ao ouvir isso?

Por Dov Seidman

Qual sua atitude diante de obstáculos?

Em 1905, Madame C. J. Walker começou a vender um condicionador de cabelos e uma fórmula de tratamento capilar, o Madam Walker’s Wonderful Hair Grower, de porta em porta para mulheres afro-americanas de toda a região sul e sudeste dos EUA. Walker, filha de ex-escravos, ficou órfã aos sete anos, casou-se aos 14 anos, e ficou viúva com uma filha aos 19 anos. Trabalhou lavando roupas para colocar a filha na escola antes de antever uma nova vida para si própria. “Dei a partida dando em mim a partida”, disse Walker. Apesar dos obstáculos muito maiores do que qualquer um possa imaginar, Walker fez seu empreendimento crescer transformando-o em uma empresa que empregava mais de três mil funcionários. Ela foi a primeira mulher afro-americana conhecida a se tornar milionária. “Sou uma mulher que vim dos algodoais do sul”, dizia com orgulho. “Dali fui promovida à lavadeira. Dali fui promovida à cozinheira. E dali me promovi iniciando no negócio de fórmulas e tratamentos para cabelo. Construí minha própria fábrica em cima da minha própria base.”7

Talvez seja difícil imaginar qualquer outra pessoa além de C. J. Walker, que antevisse ou realizasse tanto diante de obstáculos aparentemente insuperáveis. Ela buscou sua visão apesar dos obstáculos, e essa atitude profundamente impregnada nela foi crucial para sua capacidade de prosperar. Quando se quer criar uma “ola” e uma pessoa à sua direita não quer se levantar, você desiste? Volta a sentar sem a “ola”? Ainda assim, todos temos visto “olas” surgindo quando as pessoas, a princípio, não querem se levantar, mas, depois, acabam sendo envolvidas. Elas se transformam em grandes “olas”. Isso ocorre somente quando seus líderes perseveram apesar da resistência inicial. A atitude de liderança autogovernante ajuda a questionar, “Como podemos ajudar nosso parceiro a encontrar o recurso orçamentário necessário para apoiar o programa?”

Jamais encontrei um bom marinheiro que não houvesse navegado em águas revoltas, e jamais vi uma visão, jamais ouvi uma entrevista e jamais li uma biografia de alguém que houvesse realizado algo que valesse a pena que não incluísse histórias de épocas de muito trabalho duro, superando obstáculos e chegando lá apesar de tudo que houvesse no caminho. É fato que você enfrente obstáculos; é uma constante na vida. O que importa não é o obstáculo, mas como pensa a respeito dele, como o enfrenta e como se comporta diante dele. Líderes acreditam que irão achar um caminho apesar das forças alinhadas contra eles. Eles jamais desistem por causa de um problema. Às vezes, não se tem êxito apesar do máximo esforço, mas se não começar com a atitude do apesar de, raramente se vence.

Sobre Dov Seidman

Segundo Seidman, a nova lógica mundial prega o comportamento, a transparência e conectividade como fatores de diferenciação. É o que o autor chama de “Out-Behaving de Competition”.

DVS, DVS Editora, Blog do Editor“O mundo mudou”, defende o autor, “a popularização da tecnologia da informação tem feito do bom comportamento um fator de extrema importância porque se torna cada vez mais difícil esconder o mau comportamento. Em última análise, a única maneira de desfrutar de uma boa reputação é a ganhá-la vivendo com integridade. Nós não podemos controlar nossas histórias, mas podemos controlar a forma como vivemos nossas vidas.”

Dov Seidman é chefe da LNR, empresa que tem ajudado algumas das mais respeitadas companhias do mundo a criar culturas vencedoras do “fazer o certo”. Em seu livro COMO: Por Que o COMO Fazer Algo Significa Tudo . . . nos Negócios (e na Vida), ele mostra como a avalanche de informações e a transparência sem precedentes remodelaram o universo empresarial de hoje e mudaram expressivamente as regras do jogo. Não é mais o quê se faz que o distingue dos outros, mas o como faz. Os o quês são itens básicos, fáceis de serem copiados ou de se aplicar engenharia reversa. A vantagem sustentável e o sucesso duradouro – tanto para as companhias como para as pessoas que nelas trabalham – hoje estão na esfera do como, a nova fronteira da conduta.

 

 

 

Insight – 10 anos!

 

Uma das mais conhecidas obras da literatura brasileira, a coleção Insight, completa 10 anos. Para comemorar, o autor Daniel C. Luz concedeu entrevista para a rádio 96 FM de Bauru, na qual discute o pensamento e motivação para o seu trabalho.


Após o primeiro livro, Insight, outros dois foram lançados: Insight 2 e Fênix. Daniel C. Luz reuniu nestas obras importantes pensamentos e com uma abordagem objetiva escolheu temas que motivam as pessoas a ter atitudes positivas em todos os campos da vida.


Ouça a entrevista!


Supere seus preconceitos!


O preconceito está em toda parte. Não existe uma Camelot cintilante para acabar com todos os preconceitos e evitar programação psicológica. A maioria das decisões humanas são tomadas pelas glândulas, não pelo cérebro. Mas algo em nós quer combater o preconceito, a programação, a lavagem cerebral. Detestamos os cordões umbilicais que nos amarram ao passado, destruindo nossa liberdade de escolha.

Por Daniel C. Luz

Dr. Martin Luther King Jr., o corajoso líder dos direitos civis da década de 1960, organizou marchas não violentas que abriram caminho para as manifestações em defesa da igualdade de direitos e da justiça. “Aprendemos a nadar no mar como os peixes e a voar nos céus como os pássaros”, escreveu ele certa ocasião,  “mas  não  aprendemos, ainda, a arte de viver juntos como irmãos.”

“Preconceito é uma opinião caprichosa sem meios visíveis de confirmação.”

Ambrose Gwinett Bierce (1840-1914) Escritor e jornalista americano

Continue lendo

Como anda sua autoimagem?

autoimagem, insightAutoimagem positiva significa a descoberta do próprio ser. Autoimagem positiva significa estar consciente de sua identidade e força interior. Autoimagem positiva significa alegria, otimismo e responsabilidade. Autoimagem positiva imprime significado a tudo o que fazemos e a tudo o que se passa nas profundezas de nosso ser.

Por Daniel C. Luz

Você já mostrou a alguém as fotografias que leva em sua carteira? Claro que sim. Talvez você tenha ficado interiormente satisfeito com a impressão causada por uma fotografia de alguém especial para você. Quem sabe você tenha mostrado uma fotografia encantadora de seus pais, ou, se você é mais velho e casado, tenha sorrido orgulhosamente diante das exclamações de seu amigo ao ver seus lindos filhos. Mas, quando acontece a algum amigo ver a fotografia de sua carteira de identidade, aí é diferente! Esse tipo de foto não se mostra a ninguém, a não ser ao caixa do banco! Você não se acha parecido com ela!

“A maior revolução de nossos tempos é a descoberta de que ao mudar as atitudes internas de suas mentes, os  seres humanos podem mudar os aspectos externos de suas vidas.”

_ Willian James, psicólogo e filósofo americano

Continue lendo

O Pai Moderno

Insight, Daniel C. Luz, Blog do Editor, DVS EditoraSeu desejo de adquirir se tornou seu único objetivo na vida? O impulso de sempre querer mais tem te convencido de que a conquista e acúmulo de bens vai fazê-lo feliz e lhe assegurará um futuro tranquilo?

Por Daniel C. Luz.

Lamento dizer que as posses trazem somente felicidade temporária. Há algum tempo tive uma grande lição ao ouvir este depoimento, de Hélio Fraga, ex-jornalista de Belo Horizonte, que agora compartilho com você.

“O pai moderno, muitas vezes perplexo e angustiado, passa a vida inteira correndo como um louco em busca do futuro e esquecendo-se do agora, nessa luta, renuncia ao presente.”

Com prazer e orgulho, a cada ano, preenche sua declaração de bens para o Imposto de Renda. Cada nova linha acrescida foi produto de muito trabalho. Lotes, casas, apartamentos, sítios, casa de praia, automóvel do ano – tudo isso custou dias, semanas, meses de luta. Mas ele está sedimentando o futuro de sua família, se partir de repente, já cumpriu sua missão e não vai deixá-la desamparada.

.

“Às vezes o homem mais pobre deixa a seus filhos a herança mais rica”
Ruth E. Renkel

Continue lendo

Sobre liberdade de escolha!

DVS, DVS Editora, Blog do Editor, InsightTodo mundo gosta de falar sobre liberdade de esco­lher. Afinal esse é um dos princípios básicos sobre os quais a Nação brasileira está fundamentada. Mas quase sempre tendemos a achar que grande parte do que fa­zemos na vida nos é imposto. Isto é verdade?

Por Daniel C. Luz.

Nós temos escolhas, mais escolhas do que nos permi­timos ver.

Podemos sentir-nos presos em nossos relacionamentos, nossos empregos, nossa vida. Podemos estar trancados em nossos comportamentos quando nos ouvimos di­zendo: “Tenho que…”. “Tenho que comportar-me assim, pensar assim, sentir assim…”, podemos ter certeza de que estamos escolhendo não ver as escolhas!

Continue lendo

Alguns minutos de glória

Daniel C. Luz, Daniel Carvalho Luz, DVS Editora, DVS, Livros, Livros Online, InsightVocê sabe administrar o seu tempo? Sabe lidar com a sua pressa e com a pressa que os outros embutem em você? Tem coragem de dizer “não” ou “calma” para o seu chefe ou superior quando sente que ele está exigindo demais? Saiba lidar com a “nova dinâmica” de modo a dar um tempo para você!

Por Daniel C. Luz.

A mudança é muito veloz. Quando você percebe, já está processando essa velocidade no dia a dia. Por isso as pessoas andam se atropelando. Temos sido pressionados cada vez mais, por mais tempo, mais recursos, mais informação. Temos a sensação de que o dia passa cada vez mais rápido. No entanto, a Terra continua demorando 24 horas para dar a volta completa em torno de seu eixo. E é assim que contamos nosso tempo: em dias, semanas, meses e anos.

CD Reflexões – Histórias de sucesso!

Continue lendo

Chega de desculpas!

DVS Editora, Insight, Daniel C. Luz, Livros OnlineReflita sobre suas atitudes e sua postura frente aos desafios e compromissos que aparecem diante de você. Lembra-se de que, às vezes, em meia a uma frustração, colocamos a culpa do fracasso na pessoa que estava tentando nos ajudar. Não faça isso! Chega de culpar os outros e de se desculpar pelas decisões que te cabem.

Por Daniel C. Luz.

Você já não ouviu a afirmação: “Se vai aprender alguma coisa, você cometerá erros”? É verdade. Às vezes, os indivíduos se recusam a tentar coisas novas porque têm medo de falhar e, consequentemente, de serem consi­derados um fracasso.

Quando você não quer fazer uma coisa, qualquer desculpa esfarrapada serve. Mas as desculpas muito repetidas têm um modo estranho de se transformar. Elas podem vir a ser doenças crônicas que destroem a nossa autoestima e paralisam a nossa vontade. Tornam-se grilhões que obscurecem a nossa visão, deixando-nos incapazes de sonhar e muito menos de realizar por medo de falhar.

Continue lendo

CONSTRUINDO O FUTURO

Bymail DVS EditoraQuais as nossas responsabilidades perante a vida? Reconhecer o sentido da nossa existência e orientá-la na direção correta faz parte de uma missão humana que visa à preservação de valores ambientais, sociais, econômicos, culturais e mesmo espirituais.

Por Daniel C. Luz.

Conto com seu espírito de tolerância, pois o que preten­do nesta mensagem é ofere­cer uma reflexão de ordem pessoal e com a qual, estou certo, nem todos haverão de concordar.

Esta reflexão diz respeito ao meu compromisso pessoal com a construção do futuro.

Começo a relembrar o que todos sabemos. Cada um de nós é um ser diferente de todos os demais. Fisicamente, diferimos muito. Uns são baixos, outros altos; uns magros, outros gordos; uns claros, outros morenos e assim por diante. Internamente, ou seja, no plano psicológico, somos ainda mais diferentes. Nossas aptidões, nossos interesses, nossos valores, nossas emoções, etc., variam muito, de pessoa a pessoa. Mas, em que pesem todas as diferenças, somos também muito semelhantes. Pertencendo ao mes mo gênero e à mesma espécie, temos muito em comum.

Continue lendo