Livro mostra como representar uma grande marca dentro das mídias sociais

Com trabalho reconhecido pela mídia especializada, ex-diretor de mídias sociais na GM e IBM revela como vencer desafios burocráticos e alcançar o sucesso na rede.

Profissionais designados a trabalhar com mídias sociais em grandes empresas precisam lidar com desafios específicos a esse tipo de companhia. Além da análise de dados coletados nas redes, da produção de conteúdo de qualidade e da interação com o público, é necessário que o responsável pela área possua atributos que lhe permita aproveitar os recursos da organização e driblar a burocracia para obter resultados rápidos, já que velocidade faz parte da dinâmica desse meio.

Em O Estrategista em Mídias Sociais (DVS Editora), o autor Christopher Barger consolida no livro sua bem-sucedida experiência como diretor de mídias sociais em duas gigantes: General Motors e IBM. Em ambos os casos, o trabalho de Barger recebeu grande reconhecimento das mídias especializadas em Relações Públicas, marketing e administração, que passaram a considerar as empresas dentro do grupo das que melhor utilizam as mídias sociais.

Desse modo, a obra se configura como uma fonte de informação originada dentro do ambiente corporativo, para o qual também é voltada. Ou seja, Barger não fala apenas como um analista que enxerga caminhos sobre como o investimento em mídias sociais pode trazer retorno financeiro e em termos de fortalecimento da marca, mas também como alguém que implementou ideias que deram certo.

A leitura do livro oferece a profissionais e líderes da área de comunicações ou de marketing, dentro de uma grande organização, um ponto de partida para o trabalho em mídias sociais. Começar do zero pode significar cometer erros facilmente evitáveis. Por exemplo, Christopher Barger cita como falhas recorrentes das empresas manter uma página oficial no Facebook na qual nenhum comentário é respondido; uma conta no Twitter que não recebe qualquer postagem por dias ou até semanas; e um canal no YouTube que apresente os mesmos três vídeos por meses.

Será que estou cometendo esses ou outros erros? Como evitá-los e quais são as melhores práticas? E, sobretudo, como representar uma grande marca dentro das redes sociais? O Estrategista em Mídias Sociais traz luz a esses e outros questionamentos e mostra como as empresas podem atrair seu público, publicando conteúdo relevante e se transformando em verdadeiros meios de comunicação.

Sobre o autor

Christopher Barger é vice-presidente sênior de programas globais na Voce Communications, uma divisão da Porter Novelli (líder mundial em relações públicas), que atende clientes em todo o mundo no desenvolvimento de programas de mídia social e estratégias. Barger passou quatro anos como diretor de mídias sociais na General Motors e atuou no desenvolvimento da presença online da IBM.

O Estrategista em Mídias Sociais
Autor: Christopher Barger
Editora: DVS Editora
Páginas: 319
Preço: R$ 59

7 ideias para promover o seu site

Como promover um site? Essa é a pergunta que se passa pela cabeça de qualquer empresário, blogueiro ou empreendedor online. Em sua coluna no site da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, Luciano Santos, gerente de vendas para PMEs do Google, elenca 7 pilares fundamentais para quem crescer na rede. Originalmente publicado aqui.

1. Otimize seu site para os motores de busca. O SEO (Search Engine Optimization) consiste em pequenas alterações de partes concretas do seu website. Quando essas modificações individuais se combinam, causam um grande impacto na experiência do usuário e na performance do site nos resultados de buscas orgânicas (que não são pagos ou patrocinados). Alguns exemplos de melhorias fáceis de implementar são criar títulos de páginas úteis e precisos, organizar a estrutura para facilitar a navegação e oferecer conteúdo de qualidade – de fácil leitura e com imagens em boa definição.

2. Dê os primeiros passos em publicidade online. Quando uma ferramenta de pesquisa como a do Google é acessada, os produtos ou serviço que você oferece podem aparecer perto dos resultados orgânicos em forma de anúncio. Assim, se alguém estiver procurando “ração para cachorro” e você tem um pet shop, seu anúncio pode aparecer para aquele potencial consumidor no momento em que ele busca, com os chamados links patrocinados. E isso não é pouco se considerarmos que 67% dos internautas brasileiros buscam informações na web antes de comprar. Escolha palavras-chave que se relacionem o máximo possível com suas ofertas. Para o pet shop, essas palavras podem ser também “tosa e banho” ou “comida para gatos”, por exemplo.

A principal vantagem desse formato é que você só vai pagar quando usuário interessado clicar no seu anúncio, o que permite total controle sobre o orçamento diário disponível.

7 ideias para promover seu site

3. Teste a publicidade contextual. Também é possível colocar seus anúncios em sites relacionados com os produtos ou serviços que você oferece. A Rede de Display do Google conta com milhares de sites associados onde seus anúncios podem aparecer. Está comprovado que, se você vende artigos esportivos, por exemplo, terá melhores resultados quando a sua marca aparece em sites relacionados com esportes – de notícias, times, blogs etc. Esses anúncios se distribuem de forma automática baseando-se no conteúdo dos sites de destino.

4. Incorpore imagens com anúncios de display. Os anúncios de display (banners, vídeos) permitem montar anúncios mais atrativos e dinâmicos. Os desenvolvedores de anúncios de display ajudam a desenhar seu anúncio de forma rápida e fácil em poucos passos.

5. Aposte nos dispositivos móveis. Muitos smartphones e dispositivos móveis com conexão à internet oferecem serviços de navegação, GPS, câmera e vídeo. No Brasil, já são 27 milhões de usuários desses dispositivos. Isso representa uma grande oportunidade para desenvolver campanhas criativas com mensagens de texto, redes sociais e publicidade para dispositivos móveis. Além disso, agora é muito simples criar gratuitamente um website adaptado para este ambiente pelo criador de sites móveis.

6. Conecte-se por meio das redes sociais. As redes sociais podem ser excelentes geradoras de negócios. Os usuários costumam compartilhar experiências e recomendar produtos e serviços. Criar uma conta no Twitter, uma página no Facebook e um perfil no Google+ e mantê-los atualizados com informação relevante para sua audiência é essencial. O livro “Monitoramento e métricas de mídias sociais: do estagiário ao CEO” é de grande valia para quem deseja se aprofundar no tema (onde comprar).

7. Potencialize seu negócio com o poder do vídeo online. Publicar vídeos com ofertas ou descrições de produtos pode ajudá-lo a alcançar novos públicos. Lembre-se de que os vídeos mais eficientes são curtos (menos de 3 minutos) e incluem uma oferta ou benefício pontual motivando o consumidor a tomar algum tipo de atitude. É possível fazer upload de seus vídeos rapidamente e começar a divulga-los no YouTube ou na Rede de Display.

Em “Conectado pelas Ideias”, criador do Google Adsense afirma que a internet é igual ao cérebro humano.

Jeffrey M. Stibel, já esteve à frente da empresa desenvolvedora da tecnologia utilizada no Google Adsense e de diversos outros empreendimentos online. Sua outra área de atuação pode parecer muito distante do universos dos negócios na web: a neurociência. Em seu livro, Conectado pelas Ideias (DVS Editora), ele prova que não. Stibel afirma que a rede mundial de computadores nada mais é que um cérebro humano artificial e super poderoso, mas que para realmente entendê-lo a fundo é preciso estudar o nosso próprio sistema nervoso.

Com sua teoria inovadora, o autor transforma a Internet em uma máquina de fazer previsões, o que deixa tudo mais fácil para quem deseja criar ou investir em negócios nesse setor. A obra é rica em exemplos e previsões que despertam insights no leitor e o deixa surpreendido com as possibilidades que o mundo online ainda proporciona.

Clique no link a seguir para ler online o prefácio e o primeiro capítulo do livro Conectado pelas ideias: Como o cérebro está moldando o futuro da Internet, de Jeffrey M. Stibel (encontre mais trechos no link: livros online). Veja abaixo o release completo do lançamento.

Conectado pelas ideias

Autor compara Internet ao cérebro humano para desvendar segredos sobre o futuro da rede  

– Aplicando conhecimentos da neurociência é possível desvendar o futuro da web.
– Obra originalmente publicada pela renomada Harvard Business Press.
– Análises e prognósticos essenciais para empreendedores online.

Você já deve ter ouvido falar que, das criações humanas, o computador é a que mais se assemelha ao cérebro, mas agora o neurocientista e empreendedor Jeffrey M. Stibel irá revolucionar este pensamento. Em seu livro Conectado pelas Ideias, publicado originalmente pela Harvard Business Press e com lançamento no Brasil pela DVS Editora, Stibel propõe que a Internet é o equivalente ao cérebro humano e os computadores apenas fazem parte de um sistema inteligente maior.

Além das conexões nas quais trafega a informação – analogia mais óbvia às sinapses por onde passam os impulsos nervosos, a Internet possui características que não podem ser encontradas em outros inventos, e que dizem respeito ao sistema nervoso. Ela tem vida própria, é capaz de aprimorar-se, processar a informação e retransmiti-la. Algumas coisas podem acabar esquecidas, mas inesperadamente voltam com força total, como quando fotos, textos ou vídeos antigos, de uma hora para outra, passam a ser amplamente compartilhados após anos sem chamar a atenção.

Nem sempre esse processo é aleatório – e na maioria das vezes não é mesmo. A obra, que tem como subtítulo Como o cérebro está moldando o futuro da Internet, compara o amadurecimento do nosso órgão pensante ao da rede mundial. Desse modo, é possível ter algumas pistas sobre o futuro da Internet.  As previsões acertadas do autor lhe garantem credibilidade. Seu livro antecipou acontecimentos que já se comprovaram na prática, como quando escreveu:

Jeffrey M. Stibel

“Acima de tudo, a equipe do MySpace deve ficar atenta ao Facebook, que está (relativamente) há pouco tempo na rede. Na realidade, suspeito que, quando este livro for publicado, o Facebook já será a maior rede social da Internet, superando o MySpace em número de usuários e acessos à página na Web.”

 

Formulações desse tipo não faltam à obra, servem para exemplificar a comparação proposta por Jeffrey M. Stibel, e para nos dar insights dos rumos que a rede mundial poderá tomar. O que faz de Conectado pelas Ideias uma leitura indispensável – e fascinante – tanto para quem pretende criar ou financiar empreendimentos online, como para interessados em entender os processos humanos atuais.

Para atingir seus objetivos, o autor caminha com naturalidade pela filosofia, neurociência, análise de negócios e muito outros campos do conhecimento. Arriscando-se até em terrenos que poderiam pertencer à ficção, não fosse o forte respaldo científico, como quando imagina o desenvolvimento da tecnologia que permite a implantação de chips em nossas cabeças. Assim como as lentes podem aprimorar a capacidade da visão, tais dispositivos permitiriam ao nosso cérebro buscar imediatamente novas informações, respondendo em segundos a questões das quais nunca antes tivera conhecimento. Se isso vai acontecer, para Stibel parece não haver dúvidas, a pergunta é apenas quando.

Sobre o autor
JEFFREY M. STIBEL é um cientista do cérebro e empreendedor que ajudou a criar diversas empresas de capital aberto e fechado, entre elas a Simpli, que desenvolveu a tecnologia utilizada no Google Adsense. No momento, ele é presidente da Web.com, uma empresa de capital aberto que ajuda empreendedores a iniciar e desenvolver seus negócios na Internet. Ele também é presidente da BrainGate, uma empresa especializada em implantes no cérebro que capacitam pessoas a usarem o pensamento para controlar dispositivos elétricos.

avaliacao-livro-amazon


Conectado pelas Ideias

Autor:
Jeffrey M. Stibel
Editora:DVS Editora
Páginas: 184
Preço: R$ 48,00
ISBN: 978-85-88329-73-7