Menu

Cinco dicas para inovação no ambiente familiar

Cinco preciosas dicas que vão inspirar as crianças a se tornarem a próxima geração de inovadores (não importa se na ciência, negócios, artes etc.)

Inovação não é apenas uma descoberta ou um novo produto – é um estado de espírito. A inovação vem de ter uma capacidade de mudança que resulta em novas idéias, novos produtos e serviços ou novas formas de fazer as coisas. Inovação é fundamental para o país, para as organizações e profissionais, para os indivíduos e para o modo como criamos e educamos os nossos filhos.

Há muito a se compreender sobre inovação em todos esses níveis, razão pela qual eu escrevi o livro Estreitando a Lacuna da Inovação , iniciando o mesmo com uma discussão sobre cinco valores fundamentais – questionamento, risco, abertura, paciência e confiança – que quando estão em equilíbrio, compõem a capacidade de mudança. O que se segue é um breve panorama de como essas dicas de valor inestimável se relacionam com a educação de filhos inovadores.

1.   Questionamento: Incentivar a curiosidade, fazendo perguntas, ouvindo, respondendo e fazendo mais perguntas. Como as questões são enquadradas é importante – seja curioso e não um julgador.

2.      Risco: assumir riscos de forma inteligente, aprender a tentar e mesmo a falhar é fundamental para a inovação. Dê às crianças espaço para explorar. Incentive-as a tentar coisas novas e tratar o fracasso como uma experiência de aprendizagem. Pare de protegê-los tanto ou fazer as coisas para seus filhos.

3.      Abertura: Inovadores precisam estar abertos para imaginar, para compartilhar ideias, colaborar e mudar. Fazer com que seus filhos tenham tempo para brincar e experimentar coisas novas off-line e on-line é importante. Ensinando-os a trabalhar em conjunto com os outros através das artes, esportes, projetos científicos ou em jogos online ajuda a aprender o quão poderosa a colaboração pode ser.

4.      Paciência: Incentive-os, dando-lhes tempo para tentar abordagens diferentes para resolver um problema. Como todos sabemos, as crianças aprendem através exemplo, então é preciso ter paciência, pois esse processo vivido por eles leva um bom tempo. Não se apresse a ponto de pular etapas e resolver os problemas para eles. Em vez disso, esteja presente e de apoio enquanto você os deixa resolver sozinhos.

5.      Confiança: É difícil estar dispostos a correr riscos ou ser aberto, se você não está em um ambiente de confiança. Receber o amor incondicional, a partir do dia em que nascem, fornece a base de confiança, que será a fundação que as crianças precisam para o futuro. À medida que elas forem crescendo, você deverá construir as coisas sobre essa base, ajudando-as a compreender os benefícios que vêm com a confiança, o que acontece quando a confiança é quebrada e como determinar em quem confiar ao longo da vida.

Cada fase da vida traz a mudança e tornar-se pai (ou mãe) traz impactos significativos sobre a forma como vivemos nossas vidas e definimos as nossas prioridades. Como muitos relacionamentos, ser pai requer aprendizado constante e adaptação conforme o seu filho (ou filhos) vai crescendo.

Os pais devem parar para pensar sobre como suas ações vão definir (positiva ou negativamente) o quão inovadores seus filhos serão. Também é importante no trabalho com as escolas para incentivar e apoiar o ambiente certo para desenvolver qualidades inovadoras em seus filhos, que serão tão importantes para o sucesso deles e para o futuro do país.

Judy Estrin, Portal Exame, DVS, DVS Editora, Blog do Editor

Sobre a autora

Judy Estrin é diretora executiva da JLABS, LLC, antes conhecida por Packet Design Management Company. Antes da cofundação da Packet Design em maio de 2000, Estrin era diretora executiva de tecnologia da Cisco Systems. Em 1998, quando a Cisco Systems adquiriu a Precept, tornou-se diretora executiva de tecnologia da empresa.

Estrin, que por três vezes foi citada na lista da revista Fortune das 50 mulheres mais competentes da área empresarial norte-americana, integra o conselho de administração da Walt Disney Corporation e da FedEx Corporation. Faz parte do conselho consultivo da Escola de Engenharia da Universidade de Stanford e da iniciativa interdisciplinar Bio-X dessa universidade e do comitê consultivo de Ciência e Inovação da presidência da Universidade da Califórnia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com