Menu
como ser um escritor de sucesso 12 fev

5 técnicas de copywriting simples para você usar no seu negócio e vender mais hoje

Na era da internet, muitos conceitos estão se modificando, como, por exemplo, como ser um escritor de sucesso.

Qual foi o modo que você aprendeu sobre como ser um escritor de sucesso?

Lançando um livro, um romance, contando uma história, seja uma comédia, um suspense e colocá-lo na prateleira dos mais vendidos da livraria?

Bem, realmente por muito tempo esse era o maior conceito de como ser um escritor de sucesso, mesmo.

Contudo, a era da internet no Brasil trouxe para o nosso país um método centenário de escrita nos Estados Unidos, o copywriting.

Aproveitando a nova onda do mercado, alguns empresários e publicitários brasileiros surfaram nessa tendência e têm mostrado como ser um escritor de sucesso usando as técnicas do copywriting.

Como falamos pouco acima, as copys no Brasil vêm junto com nova tendência virtual, mas nos Estados Unidos existem há cerca de 150 anos.

Por isso, um dos principais nomes desta nova onda de copywriters brasileiro, o publicitário Paulo Maccedo, está lançando um novo livro chamado “Copywriting – O Método Centenário de Escrita Mais Cobiçado do Mercado Americano”.

Paulo já é autor de dois best-sellers sobre marketing digital e técnicas de escrita utilizando-se da Internet, “Eu, vendedor” e “A Arte de Escrever Para Web”.

Mas com o seu novo título, “Copywriting – O Método Centenário de Escrito Mais Cobiçado do Mercado Americano”, o escritor usa do seu conhecimento derivado de intenso estudo de causa.

E somado aos seus mais de dez anos no mercado do copywriting para escrever um livro específico que mostra como ser um escritor de sucesso usando e abusando desse método.

Contudo, para que você tenha uma noção do mercado de copywriting, tanto internacionalmente falando, quanto nacionalmente, esse texto vai apresentar 5 dicas práticas de como ser um escritor de sucesso no segmento das copys.

Copywriting: você sabe o que é?

Antes de você ter as 5 dicas práticas de como ser um escritor de sucesso no segmento copywriting, é importante que você conheça bem o que é o segmento das copys.

Pois bem, copywriting é um método de escrita que tem como objetivo levar o leitor a uma ação, neste caso a compra.

Para que isso aconteça, não é necessário nenhuma porção mágica ou estratégia mirabolante, mas, sim, ter conhecimento mínimo do público-alvo por trás do produto ou serviço apresentado.

É impossível que um texto escrito dentro do método copywriting atinja todas as pessoas, nem o melhor dos copys conseguiria fazer isso.

Mas é possível, que o melhor dos textos escritos dentro das técnicas de copywriting atinja o máximo de pessoas possíveis dentro de determinado segmento.

Por exemplo, uma copy que fale sobre técnicas de maquiagem tende a alcançar o público feminino, já uma copy que fale sobre artigos esportivos de determinada modalidade, vai alcançar os praticantes daquela modalidade, e assim sucessivamente.

Por isso, como ser um escritor de sucesso, quando falamos do universo do copywriting, vai além de saber escrever uma boa história, mas, sim, levar dentro da boa escrita o seu leitor a praticar o desfecho esperado por você, a compra.

Para que isso aconteça, a palavra-chave do copywriting são: gatilhos emocionais.

Como o ser humano é uma espécie dominada pelas emoções, o texto escrito pelo copywriter tem que ativar os gatilhos emocionais que mais se enquadre com o produto ou serviço apresentado e o seu público-alvo.

Esses gatilhos emocionais podem ser ativados, por exemplo, por um sentimento de empatia, quando o texto fala tão de igual para igual com você, que você já se sente um amigo do autor.

Também pode ser ativado através da autoridade, com dados e informações relevantes e que passe credibilidade ao texto.

A escassez pode ser um gatilho emocional que leve o leitor a uma ação de compra com medo da perda.

Enfim, outros exemplos de gatilhos emocionais importantes sobre como ser um escritor de sucesso são a urgência, a prova social, o sentimento de novidade etc.

Cabe a você conhecer o seu público, o produto ou serviço apresentado e ver qual a técnica usada melhor levará o seu leitor a compra.

Copywriting: de onde vem e do que se alimenta?

Agora que você já sabe o que é, na prática, o copywriting, deve estar curioso para saber de onde veio e quais são os principais nomes do segmento no Brasil, né?

Enfim, o livro “Copywriting – O Método Centenário de Escrita Mais Cobiçado do Mercado Americano”, trás detalhes de estudo histórico sobre o tema, mas não vamos te deixar só na vontade e vamos te explicar um pouquinho também.

No mercado americano, o copywriting cresceu junto com o próprio marketing.

A técnica era usada principalmente em cartas de vendas e em lançamentos de novos produtos.

Grandes empresas utilizaram, dentro da história, a técnica do copywriting por meio de gênios do segmento que nos inspiram até hoje como ser um escritor de sucesso.

Um grande exemplo é a Apple.

A forma que Steve Jobs utilizava os gatilhos emocionais de novidade nos lançamentos de produtos da marca, possuía formas de utilização das técnicas de copywriting.

Entretanto, cabe a você estudar a fundo grandes escritores que te levarão a entender como ser um escritor de sucesso no copywriting. Para ajudar os principais nomes que podemos indicar são:

  • Claude Hopkins, pioneiro do estudo da técnica, era conhecido como “homem do cheque em branco”, tamanho o valor que as empresas davam para o seu trabalho;
  • Willian “Bill” Bernbach, autor de uma das cartas de venda mais famosas do mundo, a do Fusca, que fez com que Volkswagen se tornasse a empresa que é hoje;   
  • John Carlton, um dos maiores professores de copywriting do mundo;
  • Frank Kern, multimilionário através de técnicas de captação de clientes por meio da escrita e, atualmente, palestrante mundialmente conhecido;
  • David Oglivy, fundador da empresa Oglivy & Mather, uma das mais famosas dos anos 70, responsável em mais de 3 bilhões de dólares em vendas dos seus clientes

O mercado americano ainda traz nomes imponentes como Joe Vitale, Gary Halbert, Dan Kennedy, Tom Hopkins e muitos outros que vale a pena pesquisar.

Já o mercado brasileiro, trás nomes como Gustavo Ferreira, autor do livro “Palavras que Vendem Milhões”, e, principalmente, Paulo Maccedo, que está lançando o livro “Copywriting – O Método Centenário de Escrita Mais Cobiçado do Mercado Americano”.

Ah, e antes que eu me esqueça, sabe do que os grandes copywriters se alimentam? De muita, mas muita criatividade e busca de novos conhecimentos diariamente.

Esse desejo de ser diariamente mais criativo e expandir o horizonte dos seus conhecimentos é fundamental para quem quer descobrir o segredo de como ser um escritor de sucesso.

5 dicas básicas de como ser um escritor de sucesso no copywriting

como ser um escritor de sucesso

1. Use títulos que chamem a atenção

Podem falar o que quiser, mas as pessoas julgam o livro pela capa, sim. Assim como as pessoas julgam o texto pelo título.

Por isso, o título precisa ser curto, mas incisivo.

Já busque utilizar o pronome você ou algo que remeta uma comunicação direta com o leitor.

Além disso, insira a palavra-chave do texto já no título para que o leitor tenha noção e já dê uma boa prova do que ele vai ter naquele artigo, logo de cara.

2. Dê uma boa impressão visual ao seu texto

Para isso, é importante que você esteja sempre facilitando a leitura, ou seja, com parágrafos curtos e bom espaçamento.

Além disso, divida o seu texto em subtítulos e/ou tópicos, para que, embora o texto venha ser grande, não venha assustar o leitor com o seu tamanho visual.

3. Tome cuidado com as palavras

A matéria-prima do copywriter são as palavras.

Um critério muito importante sobre como ser um escritor de sucesso está justamente em saber encaixar as melhores palavras nos melhores momentos.

Com isso, evite repetições de palavras – ao menos que seja a palavra-chave do texto ou a chamada para a ação, que precisa ser repetida diversas vezes para grudar na mente do leitor.

Fora isso, mostre ao leitor que você tem um bom vocabulário e sabe o que está escrevendo.

Por isso as palavras são a alma do copywriting.

4. Seja didático

Modo importante para popularizar conhecimento, é deixá-lo acessível para que o máximo de pessoas possam entender o conteúdo escrito.

Nesses casos, utilizar-se de comparações, metáforas e histórias para ilustrar determinado sentido é muito importante.

Essas exemplificações deixarão o conteúdo mais claro para quem estiver lendo.

Tornar o texto o mais claro possível é uma grande característica de como ser um escritor de sucesso.

5. Use a voz ativa

Como o termo diz, a voz ativa gera um sentido de ação, portanto torna-se muito mais persuasiva do que outras formas de escrita.

Quando falamos que determinado texto apresenta técnicas interessantes sobre determinado tema, a probabilidade da chamada para a ação é muito maior do que dizer que determinadas técnicas serão apresentadas no determinado artigo.

“Copywriting – O Método Centenário de Escrita Mais Cobiçado do Mercado Americano”

Agora que você não é mais leigo sobre copywriting, é válido que você se jogue de cabeça no tema.

Nesse artigo, trouxemos apenas um mero demonstrativo para que você tome conhecimento da importância da técnica no mercado de vendas e como ele está relacionado como ser um bom escritor nos dias atuais.

Agora, para que você venha aprender na prática como ser um bom escritor, o livro “Copywriting – O Método Centenário de Escrita Mais Cobiçado do Mercado Americano” é fundamental para que você definitivamente entre nesse mercado.

Sim, você já conheceu parte da teoria sobre o universo copywriting através desse texto.

Agora, ler o livro “Copywriting – O Método Centenário de Escrita Mais Cobiçado do Mercado Americano” significa ter um conhecimento teórico mais amplo, sobre técnicas de como ser um bom escritor fazendo valer o método e conhecendo mais sobre grandes escritores que irão te inspirar.

Ainda por cima, devido ao conhecimento prático de Paulo Maccedo, devido a sua experiência, você conseguirá ter uma maior noção de ações comprovadas que dão certo.

Seja com experiências históricas estudadas pelo autor, seja por experiências vividas pelo próprio autor.

Sendo assim, ler “Copywriting – O Método Centenário de Escrita Mais Cobiçado do Mercado Americano” é sair na frente em um segmento que está no início do Brasil, mas já é sucesso comprovado no mercado dos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com