Menu

Ética na Vida das Empresas – Entrevista com Antonio Ermírio de Moraes

Antônio Ermírio de Moraes

Antonio Ermírio de Moraes é engenheiro, empresário e presidente do Conselho de Administração do Grupo Votorantim. Presidente do Hospital Beneficência Portuguesa em São Paulo. Membro da Academia Paulista de Letras. Além de diversos artigos, escreveu e produziu três peças teatrais, focalizando problemas brasileiros.

Qual a importância dada pelo grupo Votorantim à ética empresarial?

Antônio Ermírio – No mundo dos negócios, poder-se-ia dizer que a imagem de uma empresa é diretamente proporcional à sua ética empresarial.

No meu modo de pensar, é o que há de mais sério dentro de uma empresa.

De onde o Senhor acredita que veio a fama de seriedade e responsabilidade ética do grupo Votorantim perante a sociedade?

Antônio Ermírio – Vem de mais de 80 anos de trabalho sério na área empresarial, pagando corretamente seus impostos e certos de que alguma coisa tem de ser feita além disso. E neste ponto o Grupo Votorantim nunca se descuidou.

Quais as principais atuações do grupo Votorantim na área de Responsabilidade Social? Quais os principais resultados obtidos até agora?


Antônio Ermírio – O Grupo sempre procurou olhar para os menos favorecidos da melhor maneira possível, realizando ações em áreas importantes como a educacional, hospitalar, cultural, ambiental e esportiva, mas seguindo sempre um princípio filosófico: na hora de prestar serviços, muita generosidade; na divulgação dos resultados dos serviços, silêncio total.

Só na área hospitalar, o Grupo tem quase 50 anos de serviços prestados, sendo 4 anos na Cruz Vermelha, 4 anos na Cruz Verde e 41 anos na Beneficência Portuguesa. E não se trata apenas de ajuda financeira. Trata-se principalmente de dedicação pessoal, que é a melhor maneira de demonstrar nossa solidariedade e compromisso com as pessoas menos favorecidas, cabendo lembrar que 60% dos atendimentos da Beneficência Portuguesa são feitos pelo SUS.

Como o Grupo Votorantim construiu a imagem de modelo em ética empresarial e como se tem trabalhado a continuidade dessa imagem com as gerações futuras?

Antônio Ermírio – A formação de uma classe empresarial demanda no mínimo 15 anos, incluindo orientação nos estudos e na ética empresarial.

No Grupo Votorantim, cada geração de dirigentes encarrega-se de orientar a próxima. Nosso pai investiu na nossa preparação e nós investimos na preparação de nossos filhos e sobrinhos, que constituem a 4ª geração do Grupo. A 4ª geração, por sua vez, já está investindo na formação da 5ª geração.

Quais conselhos o Senhor dá para os jovens empresários no tocante à ética empresarial?

Antônio Ermírio – O conselho é que acreditem no País e trabalhem muito. O sucesso profissional é alcançado com sangue, suor e lágrimas. Sangue nas veias e no coração. É preciso ter pensamento positivo em relação à Nação.

É preciso também ter humildade. A humildade une os homens, enquanto a vaidade os divide.

Não podem perseguir somente o lucro, sem pensar nos menos favorecidos. Desgraçado daquele que é incapaz de sacrificar um dia de prazer em benefício dos mais necessitados.

Devem moderar-se no luxo. O luxo não conduz o homem à virtude. Ao contrário, quando exagerado bloqueia boa parte dos bons sentimentos.

Não devem afastar-se de Deus nem da família. Para com a Nação, todo sacrifício é pequeno. Para com Deus e com a família, nunca devem faltar o respeito e a dignidade.

Sobre a obra

ética na vida das empresas

Em Ética na Vida das Empresas. Depoimentos e Experiências, a professora e advogada Maria do Carmo Whitaker apresenta-nos entrevistas e ensaios de empresários, dirigentes e professores de administração, economia e jornalismo, para ressaltar o impacto da Ética no mundo dos negócios e analisar a gestão da ética, a responsabilidade social, a sustentabilidade das instituições e relevantes temas sobre a vida empresarial.

Como profissional, desenvolve treinamento para incentivo à cultura ética nas organizações, implantação de códigos de ética, análise de conflitos e desvios de conduta, discussão e reflexão sobre Ética etc., além de ampla divulgação de obras e textos específicos em seu portal sobre Ética Empresarial.

Relação dos entrevistados

1. Adriane Imbroisi

2. Anísia Sukadolink

3. Antonio Ermírio

4. Antonio J. Matias

5. Antonio Rodríguez

6. Carlos Alberto Di Franco

7. Carlos Alberto Júlio

8. Christin  Hokenstad

9. Donizete Santos

10. Elias Camargo

11. Gabriel Chalita

12. Geraldo Barbosa

13. Héctor Jasminoy

14. Helder Haddad

15. Heródoto Barbeiro

16. José Guimarães Monforte

17. José Maria Ramos

18. Julio Lobos

19. Lélio Lauretti

20. Marcos Cintra

21. Marcos Kisil

22. Marcos Levy

23. Cecilia Arruda

24. Maria do Carmo Whitaker

25. Maria Solange Senese

26. Mario Ernesto Humberg

27. Mauricio Bellodi

28. Nuria Chinchilla

29. Peter Nadas

30. Renato Opice Blum

31. Ricardo Chuahy

32. Rodolfo Leibholz

33. Sérgio de Oliveira

34. Wilberto  Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com