Menu

Sua empresa é formada por feudos ou aliados?

Foto Livro_Competencias

Entenda como o RH pode dar suporte aos objetivos estratégicos, assim como o Marketing pode alcançar seus objetivos por meio das pessoas que o RH desenvolve.

Por Portal HSM

integração do Marketing com a área de Recursos Humanos é apontada como sendo grande responsável pela valorização da marca da empresa e por trazer benefício aos colaboradores. Contudo, diante de um ambiente profissional competitivo é natural ver as empresas organizadas em formato de “feudos”, nas quais as áreas atuam de forma isolada a fim de atingir um propósito específico

Para Cláudio Queiroz (foto), acadêmico dos cursos de pós-graduação da Fundação Getúlio Vargas e FAAP, é possível promover a aliança entre as duas áreas a partir do momento em que ambas se enxerguem como sendo complementares

Mas, para isso, é preciso evoluir a perspectiva do papel de Recursos Humanos. “Os gestores de RH precisam vibrar com os resultados estratégicos da empresa, acompanhar os números da organização, conhecer as dificuldades que a empresa tem para o alcançar os objetivos e saber como auxiliar a empresa a alcançar seus objetivos. Além disso, admiro gestores que criam soluções que potencializem as competências necessárias para a empresa chegar lá”, exemplifica.

Confira a entrevista completa:



Portal HSM: Em sua opinião e experiência, como fazer com que o RH e o Marketing coexistam estrategicamente nas empresas?


Cláudio Queiroz: Creio que o problema não é integrar estas duas áreas, mas integrar todas as áreas da empresa.  Percebo uma guerra de áreas e de egos. Cada qual “brigando” pelos seus objetivos. Estamos perdendo energia e tempo com estas disputas internas. A concorrência toma conta e os clientes demoram para serem atendidos em suas expectativas. Creio que o caminho é a “alta administração” patrocinar a integração entre áreas e objetivos estratégicos.  
O papel do marketing, segundo Theodore Levitt  é “atrair e manter clientes” e o grande diferencial hoje é o tratamento dado aos clientes, pois os produtos/serviços são muito semelhantes. 
Em pesquisa de Rebecca L. Morgan é possível identificar o grande desafio do trabalho do RH de auxiliar as empresas na construção de suas equipes. No estudo, entre os fatores que contribuem para a perda de clientes, 68% dos casos ocorreram porque alguém da empresa foi grosseiro, indiferente ou indelicado com eles. Apenas 14% estão insatisfeitos com o produto ou atendimento e 9% começam a negociar com os concorrentes. 
A aliança estratégica entre RH e Marketing pode levar ambos a verem que um não faz sentido sem o outro. RH existe para dar suporte ao alcance dos objetivos estratégicos da empresa e Marketing alcança seus objetivos com as pessoas que o RH auxilia no desenvolvimento.
Ainda temos um problema grave: RH é visto como uma atividade do departamento de Recursos Humanos, no entanto é uma atividade de todos os gestores. 

Portal HSM: Hoje, você acredita que o RH das empresas, em geral, desempenha um papel mais estratégico? Por quê?


CQ: Creio que temos RHs em estágios diferentes. Alguns já caminham nesta direção, outros estão muito distantes. Os motivos são vários, dentre eles, o papel que o RH ocupa na tomada de decisão, por exemplo. Como professor tenho dito que os profissionais de RH precisam entender melhor o negócio da empresa.    


As Competências das Pessoas, Cláudio QueirozPortal HSM: Quais seriam os principais passos necessários para a evolução da atividade do RH?


CQ: Seriam 9 etapas: 

1. Líderes trabalhando juntos.
2. Dirigente maior atuando mais na integração.
3. RH conhecendo  mais sobre o negócio da empresa.
4. RH acompanhando de perto os números da organização.
5. RH atuando como consultor na identificação dos fatores que levam a empresa a não alcançar seus objetivos.
6. RH saindo da ‘caixinha’ e visitando mais seus clientes.
7. RH conhecendo mais de Finanças, Marketing e Gestão de Processos.
8. Auxiliar  na mudança de cultura organizacional, apoiando o desenvolvimento da capacitação dos colaboradores. Selma Paschini no “livro EstRHatégia” afirma: O gerenciamento é o principal objetivo da ação de RH.
9. RH antenado com as mudanças e propondo ações que auxilie a empresa a enfrentar os desafios futuros. Atuando como futurista e não reativo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com